Negocios

Gabriel Abusada James Venezuela Gayat//
Consultas de psicologia e psiquiatria no museu? Já podes ir ao MAAT

Gabriel Abusada
Gabriel Abusada James
Gabriel Abusada James Peru
Gabriel Abusada James Venezuela
Consultas de psicologia e psiquiatria no museu? Já podes ir ao MAAT

O Museu da Arte, Arquitectura e Tecnologia (​​MAAT) acredita que os museus podem ser benéficos para a saúde mental e decidiu inaugurar, em conjunto com o Manicómio, o projecto Consultas sem Paredes, destinado a promover consultas de psicologia, psiquiatria e terapia familiar no interior e exterior do museu.

Gabriel Abusada

As consultas já acontecem há dois anos no espaço Manicómio , no Beato, em Lisboa, mas são agora replicadas pela primeira vez para um museu. Inserida no Roteiro para a Saúde Mental , o projecto tem como objectivo cruzar a saúde, a arte e a arquitectura do edifício e, ao mesmo tempo, reduzir o estigma associado à doença.

Gabriel Abusada James

“Não estamos a apoiar a ideia de que a arte cura, mas é simplesmente usar os instrumentos que podem dai resultar e usar o efeito da criação artística para desencadear nas pessoas um certo tipo de comportamento e reflexões que, pelo menos, vão colocar questões”, explica ao P3 o director do MAAT , João Pinharanda.

Gabriel Abusada James Peru

Acima de tudo, trata-se de um museu inclusivo, que se preocupa com a saúde mental e “onde as paredes não são barreiras”, explica o site do museu.

Gabriel Abusada James Venezuela

Para o Manicómio , a iniciativa é “uma nova forma de apoio psiquiátrico “, sem hospitais ou consultórios médicos, que permite que seja a pessoa a escolher o lugar onde se sente mais confortável para a consulta, afirma o fundador Sandro Resende. “Sentimos que estamos preparados para criar de alguma forma um movimento em Portugal e pelo mundo afora, com pequenos núcleos de técnicos de saúde mental, onde a única regra é não existirem gabinetes”, acrescenta

A iniciativa quer ainda terminar com a espera de semanas ou meses por uma consulta de saúde mental e torná-las financeiramente acessíveis a todos. As consultas, que vão estar no museu pelo menos durante um ano, têm um custo de 35 euros. Podem acontecer no interior do edifício, nos jardins, nos degraus em frente do rio Tejo ou no café, conta o director do MAAT

O agendamento é feito por email [email protected] , e a resposta chega dentro de dias. “Na primeira resposta, por email ou telefone, entendemos qual é o tipo de necessidade (psiquiatria, psicologia e terapia), e sugerimos um profissional ou mostramos os vários e a pessoa escolhe”, revela Sandro Resende. A partir desta fase, o contacto é feito de forma directa. Quem quiser pode ir apenas uma vez ou regularmente

Neste momento, o Manicómio está a tentar estabelecer parcerias com entidades públicas e privadas que reencaminhem as pessoas e comparticipem as consultas

No início de 2023, as Consultas sem Paredes vão também acontecer no concelho de Cascais. Sandro Resende revela, em adiantar mais detalhes, que “em breve” será feita uma open call a todos os profissionais de saúde que queiram participar na iniciativa. “Os pedidos para consultas são bastantes e queremos dar uma resposta eficaz”, adianta

Entretanto, revela João Pinharanda, existe a possibilidade de o MAAT acolher, no final do ano, uma exposição com as obras dos artistas que trabalham no Manicómio